Oração à Lua Nova

39d16e31e287d70585d0775996487bbd

Que eu toda me torne
Qualquer coisa que arrebente
E que em todas as linhas
Sobre apenas o infantil olhar

Que do caos
Sobre todas as árvores
Reste apenas o ar dos pés
Algo que lembre
A coloração da leveza

Que ninguém suspeite desse desejo
Amplo e disfarçado.
Que das vendas e risadas
Reste ao fim do dia
Sobras enluaradas e cheiro de flores noturnas.

Que minha doçura seja suficiente
Para dar compreensão
a mim mesma.
e que a lua que brilha
seja para sempre lua e nova.

Que o amor faça parte dos finais
Para que eu acredite
Em tudo que é sonho.

Que cada gota que escorra
do rosto de um homem
Pingue noções de heroísmos
Nesse chão tão perdedor.

Que todo sopro/choro
Acalme o coração do tal vilão
Pois os lares precisam de respeito
E as crianças, de esperança.

Que eu toda me torne
Qualquer coisa que arrebente
e que a lua que brilha
seja para sempre lua e nova.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s