Deixa a primavera entrar!

Bem vindos aos dias verdadeiros e sinceros. No céu, nitidamente, as mudanças se fazem perceptíveis aos sentidos de quem acorda todos os dias do sono obrigatório. Deixa então o que está aí na sua cara há 4 meses ir embora e finalizar a missão. Inverno longo foi esse. E cheio de grandiosidades na alma, na pele e na urgência de “desibernar” (como se  não soubesse que as estações tem seus tempos, seus minutos particulares). Mas voltemos ao céu de agora:

Na serra começou a chover. Fatidicamente dá para se pensar que várias coisas estão voltando ao seu normal, por isso faço preces aos ipês amarelos para que eu não me engane. Enquanto isso  a chuva do caju cái sem dó no cerrado mágico. Mas quero dizer com isso que a primavera já não se segura, escuto seus passos na soleira da minha porta e suas mãos de germinação batem na minha janela. Então, deixa a primavera entrar!

Deixa as sementes quebrarem suas dormências, deixa o céu nublar, deixa o bicho acordar. Deixa a árvore  “enfolhar”,  já que no outono perdemos tanta coisa. Deixa a fome bater, tenha paciência com quem há muito não come, já que no inverno o sono foi pesado. Agora, prestes a invasão das flores, é hora de correr, de remar, de cantar em nome da leveza, do menos, do essencial, do simples. Deixa o calor tomar conta já que não podemos fazer nada contra o sol que bate em nosso cotidiano. Deixa de lado as reclamações.

Deixa de lado o apego ao fútil e aprende logo com a natureza que nos arrodeia. Deixa de lado a falsa ciência e percebe que os ciclos dos animais, das árvores, dos rios, do nascer e do morrer do sol nos ensina quase tudo a respeito de nós mesmos e das outras pessoas. Deixa de lado essa preguiça e saia para fora de casa, para fora da alma pra concluir que as coisas estão acontecendo independetemente da nossa vontade e do nosso conhecimento: só não entende quem não quer.

Deixa de lado essa história de não perceber que aqui tem sim as quatro estações. Marca um dia aí na sua agenda e saia pelos campos de Deus e repara nas coisas pequeninas pelo chão, que verás o traço forte de uma matemática que no fim se reflete no jeito de nos doarmos. E aproveita que estamos chegando perto do dia 22 para celebrar a igualdade típica dos equinócios: dia e noite com a mesma duração! Isso me dá margem para a conquista do mundo que existe fora do casulo!

Então, celebremos as perdas do outono, as reflexões do inverno e nos preparemos para o despertar da primavera! Deixa ela entrar!

Anúncios

4 comentários sobre “Deixa a primavera entrar!

  1. É isso, amor. Cada estação é um anúncio de renovação… nada é feio, nunca! Celebremos a vida em sua mais variadas expressões: nas folhas caídas do outono… nos ipês e pequis floridos da seca…na boa água do inverno… na vida explodida da primavera…e sobretudo nos corações inquietos de seres humanos como vc! Penso sempre uma coisa, na contradição da vida: a água tão esperada e que nunca se viu tanto desde q a cidade se fez está tão indejada noutras partes do Brasil…HUm.. será que temos de fato um objetivo a cumprir neste cerrado de Deus?
    Um cheiro!

  2. O cheiro de sua primavera me entrou pelas narinas… Inavadiu o quarto pela janela que deixei aberta para, curiosamente, sentir o cheiro do outono entrar!
    Primavera sua, Outono meu.
    Grata por me lembrar que temos sim as 4 estacoes em Macondo. Isso me faz mais feliz. Dormirei mais confortavelmente pensando que as borboletas podem sim sentir tbem o cheiro outonal e primaveril dai…

    Obrigada pelo aroma das flores dai.

    Cheiro de folhas caindo daqui.

  3. VIVA todos os pássaros que dançarão no Céu! Ensaiaram durante duas estações, coreografias de louvor à Vida, ao Sol e ao Renascimento!
    VIVA a Primavera com todas as suas cores!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s